Trocar ideias, criar projetos, gerar parcerias são coisas que, muitas vezes, surgem em torno de uma mesa e em momentos de convívio, em que a qualidade da conversa acontece de forma mais calorosa e empática. Em Reggio Emilia, a opção de ter e de manter as cozinhas dentro de cada uma das Creches e Escolas Municipais da Infância sempre teve um significado educacional e cultural muito forte. As cozinhas são uma espécie de ?resistência? gastronômica, de defesa da diversidade, de valorização e de r
Product ID: 66
New In stock
As linguagens da comida: receitas, experiências, pensamentos - Reggio Emilia (Reggio Children)

As linguagens da comida: receitas, experiências, pensamentos - Reggio Emilia (Reggio Children)

Referência: 32


Por:
R$ 75,00

ou 18x de R$ 10,01 com tarifa
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
116

Trocar ideias, criar projetos, gerar parcerias são coisas que, muitas vezes, surgem em torno de uma mesa e em momentos de convívio, em que a qualidade da conversa acontece de forma mais calorosa e empática.
Em Reggio Emilia, a opção de ter e de manter as cozinhas dentro de cada uma das Creches e Escolas Municipais da Infância sempre teve um significado educacional e cultural muito forte. As cozinhas são uma espécie de “resistência” gastronômica, de defesa da diversidade, de valorização e de respeito pelos gostos, pelas opções religiosas, pelas indicações médicas. Elas são um lugar para ouvir as famílias e seus hábitos e, até mesmo, de orientação para a comunidade, um local no qual o tempo de almoço torna-se espaço e lugar de encontro e de relacionamento com o mundo.
Desse contexto, nasce um caderno de receitas feito de boas receitas, de experiências, de projetos, de pensamentos, que tomam forma em torno das cozinhas.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características



    Número de Páginas: 116

    ISBN: 9788576555612

    Formato: 21x22,5x2 cm (largura x comprimento x altura)

    Peso: 450 gramas

    Ano: 2015

    Edição: 1ª

     

    Autor: 

    - Reggio Children
    A Reggio Children s.r.l. nasceu em 1994 para promover e defender
    os direitos das meninas e dos meninos e para fazer a gestão
    das trocas pedagógicas e culturais, já há tempos iniciadas, entre
    as instituições para a infância do município de Reggio Emilia e
    professores, pesquisadores e estudiosos de todo o mundo.

    Confira também