Este livro me fez viajar no tempo. Os resultados dos brasileiros nas competições dependiam, exclusivamente, da criatividade, dedicação e muito sacrifício dos dirigentes, técnicos e atletas para competir e, ainda, conquistar medalhas. Na minha época, a maioria dos esportes era amadora e, portanto, qualquer conquista era motivo para grandes comemorações. Esta obra perpetuará histórias vividas pelos pioneiros do esporte olímpico brasileiro. Sinto-me muito feliz em fazer parte dessa história, como n
Product ID: 550
Product SKU: 550
New In stock />
Olimpismo no Brasil: medalhas e classificações ( Aristides Almeida Rocha, Henrique Nicolini)

Olimpismo no Brasil: medalhas e classificações ( Aristides Almeida Rocha, Henrique Nicolini)

Referência: 281

Livro físico

Por:
R$ 41,00

ou 3x de R$ 15,82 com tarifa
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
240

Quem tem a oportunidade de presenciar pessoalmente a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos desfruta de um grande privilégio. Pode-se dizer que assistiu ao maior espetáculo da Terra, pelo alto significado daquela festa, tanto pela sua beleza plástica quanto pelo seu conteúdo simbólico. A pessoa que, afortunadamente, conseguiu uma poltrona no estádio onde a cerimônia acontece verá passar diante de seus olhos a própria humanidade. São cidadãos de mais de duzentos países (uma quantidade de nações maior do que as filiadas à própria Organização das Nações Unidas - ONU) representando uma diversidade de raças, cores, biótipos e bandeiras nacionais do mundo que habitam. Aqueles que estão desfilando acenando para o povo das tribunas correspondem ao ápice do ser humano em termos de força, vigor, destreza e eugenia.

O embalo das músicas em tom marcial, a decoração do local, complementada pelo multicolorido dos uniformes, e o simbolismo do cerimonial significam o máximo possível em termos de espetáculo. Nenhuma obra de ficção poderia superar a realidade deste verdadeiro hino à vida. Cada país designa para carregar seu pavilhão o atleta de maior destaque esportivo, o símbolo da nação, o ídolo principal naquela corrente contínua de astros e estrelas do esporte. Na manhã seguinte, todos estarão competindo nas pistas, piscinas, quadras, raias, ringues e tatames, proporcionando 15 dias de emoções, de aplausos ou desilusões, de euforia ou lágrimas, os contrastes de todo o sentimento humano. É destas duas semanas, acompanhados por quase toda a população do mundo por meio de veículos impressos e eletrônicos, que sairão astros transformados em heróis em sua terra natal e figuras admiradas pelo resto do mundo.

Desde a Grécia Antiga, os vencedores do Olimpo davam seu nome a vias e locais públicos. É a glória de ser o melhor entre os bilhões de habitantes da Terra. A fixação do foco apenas no número um, entretanto, não é eticamente justa. Somente o fato de participar com algum êxito daquela festa já constitui uma grande glória para qualquer disputante.

Discordamos, com toda a nossa alma, daquele anúncio publicitário que dizia ser o vice-campeão, a medalha de prata, o perdedor do ouro. É por esta razão que, neste livro, estamos resgatando para a história do esporte brasileiro o nome e as performances de todos os brasileiros que obtiveram até o décimo posto em quase nove décadas de nossa participação olímpica. Avaliza esta decisão o fato de que muitos de nossos atletas, que nem classificados foram, em um desempenho localmente muito válido, bateram recordes nacionais e sul-americanos. Além de um trabalho de pesquisa, procuramos contar fatos que acompanharam a presença do Brasil nos Jogos Olímpicos; alguns edificantes, outros, nem tanto.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

    Número de Páginas: 240

    ISBN: 9788576550587

    Formato; 17x24x1,40

    Peso: 470 Gramas

    Ano: 2008

    Edição: 1ª

    Autores: Aristides Almeida Rocha, Henrique Nicolini

    Confira também